Estações Perdidas

“Tem dias que a gente se sente como quem partiu ou morreu a gente estancou de repente…”* Hoje eu estou esta música. Cantada um pouco de qualquer jeito, sem precisar juntar exatamente os primeiros com os últimos versos. Recitando-os, suspirando-os. Querendo de qualquer jeito, insistindo. Para me sentir viva e provocar o fato de nãoContinuar lendo “Estações Perdidas”