Poema do incerto

  Descansar em ti repousar em teus braços todos os meus abraços. Descansar enfim esquecer o cansaço e num desabafo entregar-me a ti. O eterno tem duas etapas: o início e o meio… todos os fins se encontram perdidos entre o certo e o errado entre o fardo do presente e do passado… Deixar sentirContinuar lendo “Poema do incerto”

Estou dando um tempo

Estou dando um tempo. Um tempo para voltar a amar as coisas que deixei de amar pelo caminho. Estou dando um tempo para mim mesma e para tudo o que hoje apenas me tira a paciência quando era para me fazer feliz. Quero ler livros esquecidos na estante; quero vestir roupas esquecidas no guarda-roupas; queroContinuar lendo “Estou dando um tempo”

Até quando

Não sei quanto tempo tenho. Não sei o que me espera. O tempo, a esperança, tudo é futuro… e eu nada sei dele, o futuro. Sei apenas da angústia sangrenta de pensar, pensar e pensar… até quando? até quando? até quando? Por isto trago no bolso as lembranças… para com elas viver de bem comContinuar lendo “Até quando”

Pensando alto

Há dias em que certas dores tomam conta do nosso olhar. Dias em que não é possível disfarçar. Nestes dias o mais difícil é sorrir. Mas é justamente de dias assim que precisamos para entender a beleza dos dias sem dores. Para valorizar os momentos em que estamos bem e podemos fazer o bem. NãoContinuar lendo “Pensando alto”

Antecipando-me

Não gosto de certas antecipações. Como aquelas em que a gente se imagina já vivendo situações que um dia certamente irá viver ou talvez nunca nem mesmo chegue a conhecer. Estes sentimentos ambíguos, que chegam com a intenção de nos prevenir, de nos deixar conectados com a tomada de um futuro qualquer e acabam porContinuar lendo “Antecipando-me”

Ir e Voltar

Ir, seja para onde for, pode até ser fácil algumas vezes. Coisas de quedas, decisões, vontades, tropeções. Medos primários, medos primeiros, medos vagos e trapaceiros. Ir, pode até ser fácil, é só seguir, seguir, seguir os passos… Erros e acertos com certeza antes já foram por ali feitos. Mas voltar? Voltar pode ser mais rápido,Continuar lendo “Ir e Voltar”