Pensando alto

Há dias em que certas dores tomam conta do nosso olhar. Dias em que não é possível disfarçar. Nestes dias o mais difícil é sorrir. Mas é justamente de dias assim que precisamos para entender a beleza dos dias sem dores. Para valorizar os momentos em que estamos bem e podemos fazer o bem. NãoContinuar lendo “Pensando alto”

O que se vê de mim

Você que me vê… ou pensa que viu você que me olha ou olha o que existiu Você que tenta me enxergar… São nuances de mim que a vida mostra a cada dia, cada instante uma amostra sem nunca eu toda revelar… Ninguém vê ninguém por inteiro. Cada pedaço de nós é um mundo deContinuar lendo “O que se vê de mim”

O voo do pássaro

O pássaro veio voando rasante bem pertinho de mim e voei com ele um instante… Senti a leveza de seu voar senti a beleza de suas asas tudo que fiz foi os olhos fechar… A perfeição do voo é a perfeição de olhar. Flutuando no céu o pássaro errante. Photo by Hans Ripa on Unsplash

Eterna culpa

Como culpar os paissendo pais?Como culpar os filhossendo filhos?Que culpa dar a si mesmosendo humanos?O olhar para os paiscomo filhosO olhar para os filhoscomo paisO olhar para si mesmocomo um estranho…Olhares e falas trocadosmas confundidos.Olhares que subtraemas verdadese traem os sentimentos.Somos todos iguais.Somos sempre o mesmo,como nunca mais.