Pensando alto

Poucos são os que realmente preferem a verdade e sabem lidar com ela. Muitos são os que preferem as belas mentiras e os sorrisos fingidores… tanto que tudo fique bem como o imaginado! *** Assim como o corpo as vezes precisa de complementos alimentares, o coração precisa de complementos sentimentais. *** Imagino que o sonhoContinuar lendo “Pensando alto”

Subjetivas verdades

De onde vieram as palavras que eu jurava não ter pronunciado? E todos os atos que tenho certeza não ter praticado? De onde vieram? Talvez da mesma memória insidiosa Que me conta e mostra coisas enganosas Nunca vividas? Nunca vistas? Nunca sentidas? Ou quem sabe dos sonhos do sono e dos sonhos insones Ou dasContinuar lendo “Subjetivas verdades”

EQUAÇÃO SOBRE A… GRAÇA

Silêncio. Não há mais necessidade das vozes todas de vossas senhorias ecoando por tudo. Vossas mentiras e verdades eu mesma me encarrego de contar e na ordem que eu estabelecer. Agora, a partir de agora, a responsabilidade é minha. Não é assim? Então joguemos o jogo como ele tem de ser. Com todas as cartasContinuar lendo “EQUAÇÃO SOBRE A… GRAÇA”

O NATAL E AS BOAS INTENÇÕES

Começou de novo. A santa época das boas intenções. É um tal de feliz natal pra lá, feliz natal pra cá que só quem tá chegando agora por aqui ou é muito apegado às tradições consegue suportar.De repente, ficou combinado pelos ares que durante o correr do mês de dezembro até ali, digamos, os primeirosContinuar lendo “O NATAL E AS BOAS INTENÇÕES”

NUVEM NO CÉU AZUL

Tenho uma verdade para entregar-tenão vem de fundo nenhum, nem de mimtalvez da tona, do plano, da frentedo que vês…É hora, é tempo, é vez…Tenho uma mentira para mimnão vem de fora, vem de mime mesmo se em palavras parece-semuito comigo… parece minha filha…filha da mentira, ela carecede consistência…E se eu quisesse brincarde machucarPoderia chorarContinuar lendo “NUVEM NO CÉU AZUL”

EGOÍSTA SEM MENTIR

Eu poderia sair por aí abraçando o mundo e dizer que sofro suas dores. Mas há momentos em que só consigo sofrer as minhas. Sou egoísta? Muitas vezes eu me sinto feliz sentando e oferecendo minha calma, toda vontade de ouvir, meus dois ouvidos inteiros… Mas em outros estou irada, sem paciência e só gostariaContinuar lendo “EGOÍSTA SEM MENTIR”