Triste embarcação

Ao longe a embarcação segue.A vida segue junto, intrínseca ao movimento.Há água demais… de rios, de choros, de mar…mas nenhuma beira para acolher a lágrima seca.A embarcação se aproxima, lenta e tristementeAparentando vazia, vagando como um fantasma.Não traz mais nada. Não traz mais ninguém.Não leva mais nada. Não leva mais ninguém.A embarcação cansada nem navegaContinuar lendo “Triste embarcação”

Não há fim

Não se preocupe, há um outro fim a história não termina assim depois vem sempre o recomeço… Fases passam, outras chegam, frescas, novas assim são os dias, horas, todas as provas pelas quais passamos vão e vêm… A luz da esperança permanece acesa. Todo dia é um novo começo Photo by Ricardo Gomez Angel onContinuar lendo “Não há fim”