presente imperfeito

Ventura te espera
o futuro cheio de ânsias…
no presente esquecida quimera.
Quem dera!
Abandonar as constâncias
e admirar da janela
o tempo a passar.
Poder esquecer a distância
entre o desejo e o que se pode ter
entre o que almejo e o que devo ser…
É este o momento, é agora
é este o instante, é a hora
tudo o que vier depois será a ausência
será somente o condicional
do verbo em abstinência:
se tivesse sido
acontecido
vivido…
nada mais do que o casual
pretérito imperfeito
presente preterido
por um futuro querido
mais que desfeito.

Texto de setembro de 2014

Photo by Lucian Andrei on Unsplash

Publicado por Poeternizar

Eternizando versos, versejando vida, poetando sonhos, poeternizando a emoção de cada dia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: