Fractal

guarda o beijo na boca
teu beijo 
guarda na boca
guarda
o beijo
teu beijo
na boca
tua
boca
o beijo
guarda
guarda
na tua boca
sou um ser possessivo, intempestivo e todo adjetivo que mude meu
ser substantivo
sou uma alma louca
solta
e teu beijo
é prisão
então guarda
- não me guarda -
teu beijo
- despejo -
e não me interrompa mais
não me corrompa mais
afogue na saliva o beijo
tranque na garganta o beijo
engula o beijo
digira o beijo
não me faça te ser
fatal


 

Photo by Possessed Photography on Unsplash

Publicado por Poeternizar

Eternizando versos, versejando vida, poetando sonhos, poeternizando a emoção de cada dia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: