Equilíbrio

Tento manter o equilíbrio.
A mente e o coração em equilíbrio.
As pernas em equilíbrio.
Tudo para permanecer de pé...
olhos abertos para não perder de vista
a realidade.
Mas nada é tão simples...
A mente em geral faz pouco do coração
e o coração não compreende
o que a mente racionaliza.
As pernas, buscando um caminhar mais rápido...
falham!
Vem a confusão, o tombo, o medo.
Depois vem a dor. 
E depois da dor, bem depois da dor
vem a compreensão...
e só depois dela o desejo
de recomeçar...
recomeçar a manter o equilíbrio
com direito a oscilações
tentações do corpo
e desordem na mente...
o equilíbrio imperfeito
e real.

Photo by Jon Flobrant on Unsplash

Publicado por Poeternizar

Eternizando versos, versejando vida, poetando sonhos, poeternizando a emoção de cada dia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: