A criança interior

Algumas pessoas, quando crescem, abandonam a infância sem saber que é preciso mantê-la viva na alma para que o equilíbrio exista. Os sonhos precisam da inocência infantil assim como as esperanças. E quem vive sem sonhos ou esperanças? Mas quando crescemos e renegamos este lado importante de nós, há um amargor que toma o ser e faz dele um sujeito desesperado e triste.
Crescer sim, amadurecer sim… mas sem nunca perder o frescor e a harmonia que a criança interior nos proporciona!

Photo by Maria Lysenko on Unsplash

Publicado por Poeternizar

Eternizando versos, versejando vida, poetando sonhos, poeternizando a emoção de cada dia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: