Expresso-me

Expresso-me
com as palavras escritas 
Nem sempre ditas 
Um café expresso
um dedo de prosa expressivo
com quem estiver por perto 
Assim me expresso 
meio do avesso
o avesso de quem se expressa
sem falar 
Sem açúcar ou adoçante
sem medidas
pra contrabalançar 
Minha expressão é o que sou.
E o que sou os olhos contam 
sempre contam 
contam o que a língua 
não poderia contar.

Photo by Wafer WAN on Unsplash

Publicado por Poeternizar

Eternizando versos, versejando vida, poetando sonhos, poeternizando a emoção de cada dia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: