Negando os sentidos

Os ouvidos se fecham
para o que não desejam escutar.
A boca se fecha
para o que não deseja dizer.
O coração se fecha
para o que não deseja sentir.
Os olhos se fecham
para o que não desejam ver.
Não há chave que abra
os sentimentos.
Ninguém é obrigado a amar
Ninguém é obrigado a querer
Ninguém é obrigado a ferir…
E o silêncio pode se instaurar
por um tempo.
Mas o tempo é avesso ao silêncio…
Tudo um dia sai, tudo um dia é dito
tudo um dia é ouvido, sentido, visto.
Mesmo sem querer.
Ou mesmo por querer.
O que está dentro só vive realmente
fora.

Imagem by Anna Hammer

Publicado por Poeternizar

Eternizando versos, versejando vida, poetando sonhos, poeternizando a emoção de cada dia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: