Fim de discussão

Não fuja de si, não fuja de mim.
A fuga não levará você tão longe
quanto a realidade
da presença.
A minha e a sua, juntas.
Fique. Permaneça, esteja, seja.
Dê vazão aos ensejos
os desejos do corpo
não mascaram os da alma.
Calma!
Tudo o que você é importa.
Não saia por aquela porta.
Ou saia.
Se não quiser voltar mais.

Publicado por Poeternizar

Eternizando versos, versejando vida, poetando sonhos, poeternizando a emoção de cada dia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: