O silêncio do silêncio

Dizem alguns que o silêncio fala.
Eu creio que sim, ele fala.
Em sua mudez ele é mais eloquente
do que muitas conversas que não chegam a nada.
Chega a gritar mais do que muitos brados em vão…
Mas há algo que ele não faz: ele não conta o que vai no coração.
O silêncio é solidário com o coração em seus momentos de dor.
Então ele não conta, não fala, não cita o sofrimento.
E mesmo se os olhos falarem
E mesmo se o corpo denunciar…
Da angústia do coração o silêncio não fala.
É quase um entendimento mútuo
um desejo de passar despercebido deste mal
que aflige o coração.
Então o silêncio cala ainda mais
e esconde atrás de si as razões…
enquanto ajuda a buscar, em seu mundo sem sons,
uma cura para aliviar a aflição…


Imagem by Astranat

Publicado por Poeternizar

Eternizando versos, versejando vida, poetando sonhos, poeternizando a emoção de cada dia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: