Eu te vejo como tu és!

Depois de tudo, ainda um sorriso
Depois de tanto, ainda um abraço.
Foram as mentiras que pesaram mais
ou foi apenas o peso de qualquer palavra dita?
Malditas…
O olhar traiçoeiro e o riso sem nexo
O passo a mais que ultrapassou o limite
Fecha a boca!
Para que não saiam dela cobras
Para que dela não se sinta nela enxofre.
Cruza os braços!
Que todos os gestos serão somados
aos olhares e às palavras ruins.
Eu te vejo como tu és
eu te vejo como tu és
eu te vejo como tu és.
E nenhuma máscara esconderá tua fealdade.
E nenhuma maquiagem esconderá tua falsidade.
Eu te vejo como tu és.
Eu te vejo como tu és…!

Imagem by Saerah Haytch

Publicado por Poeternizar

Eternizando versos, versejando vida, poetando sonhos, poeternizando a emoção de cada dia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: