O silêncio do mundo

De repente o mundo calou-se.
Não havia mais música.
Os pássaros não cantavam mais.
Nenhum barulho de carros
de gente então… nem sinal.
Os cachorros passavam sem latir
e não havia mais zunido de insetos no ar…
Antes os fogos da festa chegavam a dar medo
de tão fortes e altos que chegavam a soar… como os trovões…
Mas agora o mundo estava quieto.
Um estranho silêncio havia invadido o mundo.

De repente ele não ouvia mais.

(Para meu cachorrinho Biscuit, que ficou surdo).
Imagem by Neha Ahlawat

Publicado por Poeternizar

Eternizando versos, versejando vida, poetando sonhos, poeternizando a emoção de cada dia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: