Primavera sem óculos

São pássaros lá no céu?
Ou aviões longínquos que vejo mal
sem os óculos?
Queria que fossem pássaros
como queria que fossem flores
os papeis jogados no chão, estes
que vejo mesmo
sem os óculos.
Busco um jardim, uma primavera,
um tempo bom.
Busco com os olhos cansados
e com eles acabo enxergando
o que quero, apenas o que quero.
Então eu aceito, eu quero:
é primavera no meu jardim
é primavera nos meus olhos!

Publicado por Poeternizar

Eternizando versos, versejando vida, poetando sonhos, poeternizando a emoção de cada dia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: