AS VOLTAS DO TEMPO

Lá fora a hora passa
os dias não se contam mais
Dentro de mim as horas se arrastam
eu permaneço quem fui.
me vejo a mesma e sem idade
a mesma vitalidade
Os sonhos pueris
Sonhos gentis
que oferecem um futuro
já presente.
Creio que o tempo fez a volta longe, longe, longe…
sobre o meu corpo
sem tocar a alma.
Dentro de mim o tempo nem nunca passou.
Imagem by Holunder

Publicado por Poeternizar

Eternizando versos, versejando vida, poetando sonhos, poeternizando a emoção de cada dia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: