Os dias e as horas

Tenho manias doces
e agonias amargas
Dias de prece
e horas estagnadas…
Vivo o dia 
vivo a noite
vivo o instante…
Sou por vezes calma
noutras afoita
carrego 
na cabeça
no coração
e nas costas
pensamentos
sentimentos
fragmentos.
No doce de certas coisas vividas
ou na agonia de outras sentidas
faço as preces
ou me calo.
Mas não deixo de viver
o dia… a noite… o instante.
Movo-me com a luz que me ilumina
e não deixo 
de seguir 
adiante.
Imagem by ineedchemicalx

Publicado por Poeternizar

Eternizando versos, versejando vida, poetando sonhos, poeternizando a emoção de cada dia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: