Palavras e palavras

De minha boca saem palavras santas e profanas

que muitas vezes antes
nem foram pensamento.
Eu cuspo fogo
Vomito água
Engulo sapos.
De minha boca saem palavras mantras e humanas
que foram talvez antes
sentimento.
Eu transpiro dor
e amor.
Eu rimo com a vida
e dela me inspiro. 
Para jogar no ar palavras escritas
não ditas
malditas
explícitas.
E depois guardá-las no papel eterno do livro
a ser lido.


Imagem by PSHoudini




 

Publicado por Poeternizar

Eternizando versos, versejando vida, poetando sonhos, poeternizando a emoção de cada dia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: