Pensando alto

Fazia tricô (mal feito que era um horror, mas fazia…). Já fiz crochê (um só tipo de ponto e mais nada, também um terror!). Já pintei e bordei (literalmente também: pinturas esquisitas e bordados medonhos…). A gente na vida faz disto: tricota, pinta, borda. Da nós em gotas d’água e cria belos laços do nada. Em extravagâncias nossas ou da vida, nunca ficamos num só ponto. Dado o primeiro passo, o primeiro ponto, o primeiro laço… está lançada a sorte e o caminho está abraçado!


Publicado por Poeternizar

Eternizando versos, versejando vida, poetando sonhos, poeternizando a emoção de cada dia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: