Noite

Noite é assim. Ela chega e se deita em mim. Se aconchega. Me faz carinho e me convida para deitar. Reluto. Sua tez morena me faz querer outras coisas. A noite escura, sem estrelas, é morena. Fria. E o moreno não combina com o frio, ressente-se da falta do calor. O moreno da noite seria quente e mesmo se não é, é envolvente.
Noite é prazer. Do ócio ou do querer. Ela me seduz e eu sigo. Vamos atravessar as horas até amanhecer meu coração.

Imagem: http://aplaceforthings.com/

Publicado por Poeternizar

Eternizando versos, versejando vida, poetando sonhos, poeternizando a emoção de cada dia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: