Pela vida

E na vida eu andava
desvairada
e pensativa
e descuidada
me deixei cair…
como os anjos que caem
e perdem as asas
e perdem o tino
e sem destino
ficam sem saber
para onde ir…
Depois me encontrei
assustada
despreparada
agoniada
e machucada
presa em um espelho…
Era a imagem sem sorriso
dos que perdidos não sabem
mais para onde ir…
E foi bem mais adiante
bem mais adiante
quando a vida já tinha feito curvas
e deixado para trás
os abismos da juventude
e as montanhas da infância…
foi lá, bem mais adiante
que me descobri
encantada
inteira
preparada
e sóbria…
Pronta para finalmente
viver.

Imagem by Raipun

Publicado por Poeternizar

Eternizando versos, versejando vida, poetando sonhos, poeternizando a emoção de cada dia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: