Poema para as asas cansadas

Tem dia em que acordo com asas pesadas
sensações doloridas, como que quebradas
pelo peso nem sempre evitável.
Em dias assim ando com a mente cansada
e as pernas, as costas, as mãos alquebradas
beirando o limite do suportável.
Mas de um instante para outro tudo se transforma:
a leveza me toca e me faz levitar
e tudo aquilo que quase me fez chorar
entorna…
vira a água e nela navego
vira ar e nele posso flutuar
e mesmo se a dor eu não nego
dela mesma faço motivo
para recomeçar.
Minhas asas são
minha alma
e em minha alma
e coração,
meu anjo
guardião,
só permanece
o que me fortalece.



Publicado por Poeternizar

Eternizando versos, versejando vida, poetando sonhos, poeternizando a emoção de cada dia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: