A vida por inteiro

Nasceu prematuro. Na casa dos trinta começara a esperar pela maturidade. Depois dos setenta viu que ela não chegaria na forma que tanto esperara. Durante a vida casou três vezes, viajou o mundo, adotou cachorros e gatos, tentou educar os seis filhos, teve a certeza de deseducar os netos. Sucumbira a muitos pecados, perdoou a si mesmo por um ou outro, agasalhara prazeres e deixara-se cair por dores maiores e menores. Se vivesse mais vinte anos, tentaria desfazer alguns erros, reconstruir alguns sonhos, retomar alguma velha conquista, que novas não tinham mais tanto interesse. Se vivesse menos do que pensava… Não importava. Para quem chegara ao mundo tentando vencer, já vencera mais do que até ele próprio imaginara. Sentia-se feliz.

Publicado por Poeternizar

Eternizando versos, versejando vida, poetando sonhos, poeternizando a emoção de cada dia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: