Passagem do tempo

As horas, só passam por nós
como vento silencioso, calmo e quente.
Chegam leves de esperanças
e vão-se carregadas de lembranças.
Quase chegam chama-se presente
ao partir já as chamamos passado
mas são elas as horas
as mesmas que esperamos
sentados, correndo, ansiosos, desesperados
sem vontade, com desejos, corações apertados.
As horas que o tempo usa para formar seu arco
e tal qual a navegar, um barco
nos leva pela vida em trânsito frequente.
Não há lugar para estacionar
os portos são pequenos e só aceitam por um limitado instante.
As horas, elas passam por nós
E como o vento apenas acariciam nossas faces
desenhando ao mesmo tempo nestas mesmas faces
A tatuagem indelével de sua passagem.

 

Publicado por Poeternizar

Eternizando versos, versejando vida, poetando sonhos, poeternizando a emoção de cada dia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: