Ao vento que traz a dor

Quando te vejo não vejo nada além do que o pior de mim.
Se eu pudesse te olhar nos olhos sem ver tanta coisa ruim…
Mas o que sinto é o fracasso
e o retornar de todos os medos
medos com todos os nomes e
medos sem nome.
Vendo assim os teus olhos
percebo que meus pecados
nunca serão expiados
porque estão estampados
no teu olhar.
Não há desprezo e nem inquietação.
há uma indiferença triste
e a minha distância que se constrói a cada dia mais
destruindo o que poderia ser
e jamais será.

Imagem: Expression Of Pain by MyBurningEyes

Publicado por Poeternizar

Eternizando versos, versejando vida, poetando sonhos, poeternizando a emoção de cada dia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: