De onde venho

De onde venho os caminhos são feitos de poesia
Há estrelas pelo chão
e um infinito mar que todos os dias se encontra com o céu.
De onde venho, as gentes são feitas de amor e só por amor sabem agir…
Há um vale de lágrimas e por cima dele vê-se as montanhas de fé
Segurando altivas um sol brilhante do calor das almas felizes…
De onde venho as casas são feitas de abraços
e as cercas dos jardins são feitas de flores sem espinhos.
Venho de um sonho, o sonho que tive acordada
Enquanto pensava na vontade infinita que tenho
de nunca mais ver, ouvir ou sentir o mal.
E o sonho de onde venho tem as portas abertas
para todos os que viverem a palavra amor!

Publicado por Poeternizar

Eternizando versos, versejando vida, poetando sonhos, poeternizando a emoção de cada dia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: