FRAES SOLTAS

Há dias que são véspera, dias que são depois. Mas há dias, e eles são todos os dias, que são o dia, o dia d, o dia de acontecer. Eles podem parecer todos iguais. A grande diferença está em como você o vive.

Não choro pelo que eu não posso ter. Aproveito ao máximo o que eu tenho.

Poetizando o verbo sonhar: ontem sonhei, hoje realizo, amanhã usufruirei!

Felicidade não chove, não dá em plantas e nem vem engarrafada. Procurar, nem pensar… Felicidade a gente deixa ser, deixa estar, deixa vir. E como ela é o que é, a gente aproveita o instante, que ele mesmo é a felicidade. Carpe diem!

Quando o olho vê grande e bem maior do que a fome, torna-se o pai da indigestão.

Publicado por Poeternizar

Eternizando versos, versejando vida, poetando sonhos, poeternizando a emoção de cada dia.

Um comentário em “FRAES SOLTAS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: