PÃO E DIA


Onde estão os momentos que, prometeste,
estariam conosco
entre o pão e o dia vividos?
…Onde se encontram as palavras doces
as doces melodias e
o cheiro doce das flores de vaso?
Onde foram se esconder os gestos simples
e todos os mais apaixonados gestos
promessas de palavras antigas?
Onde achar os olhares perdidos
e os outros tantos insistentes
tantos olhares amantes
onde achar de volta?
Entre o pão da manhã
e o dia vivido
foi-se tanta coisa…
Acharemos na noite que chega
uma ínfima parte do que fomos?
Ou já nos perdemos
ainda que estejamos
juntos?
Entre o pão e o dia…
onde estamos?

(Para minha amiga que já não encontra mais seu sonho nem mesmo quando dorme!)

Publicado por Poeternizar

Eternizando versos, versejando vida, poetando sonhos, poeternizando a emoção de cada dia.

Um comentário em “PÃO E DIA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: