Inegurança


Insegurança: a melhor maneira de segurar qualquer palavra ou ação. Só para não ver a consequência batendo na porta. Mas e se ela viesse bater para dizer: nossa, que bom!!! … E se ela viesse para acrescentar, amadurecer, melhorar?
Insegurança: um passo para trás antes mesmo dos dois para frente. Se a insegurança largasse do pé, uma caminhada inteira se faria.
Um olho fechado e outro aberto: a insegurança que não deixa ver tudo plenamente.
Mãos para trás, mãos fechadas, mãos recolhidas.
Cabeça cheia.
Insegurança.
Cabeça lotada e sem espaço para novas ideias e para o vazio de pensamentos que muitas vezes é tão necessário.
A insegurança. É ela, é ela, é ela, pega, pega, pega, não deixa passar!!!!
E se passar, joga água fria. Mas não deixa tomar a casa.

Publicado por Poeternizar

Eternizando versos, versejando vida, poetando sonhos, poeternizando a emoção de cada dia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: