O JOGO MUDA

Jogou a moeda para cima e esperou cair. Caiu. Olhou e não gostou da cara. Jogou novamente. A mesma cara. Lançou mais uma, mais duas, mais tantas. Cara. Cara. Sobre a mão, no chão. Esperou um instante, encarou a moeda e atirou mais uma vez para o alto. Escutou o tilintar quando ela tocou o chão e soube a resposta. Sorriu e saiu caminhando deixando tudo para trás. O jogo muda.

Publicado por Poeternizar

Eternizando versos, versejando vida, poetando sonhos, poeternizando a emoção de cada dia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: